Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

TETRA PAK MAIS PRÓXIMA DE UMA EMBALAGEM 100% RENOVÁVEL

Mäyjo, 23.12.16

Tetra Brik® Aseptic Edge carton packages with LightCap™ screw cap

Tetra Pak anunciou recentemente o lançamento de uma nova versão da embalagem Tetra Brik® Aseptic 1000 Edge com sistema de abertura LightCap™ 30 de origem biológica. Esta é a primeira embalagem assética de cartão em todo o mundo a receber a mais alta certificação da Vinçotte para a utilização de materiais renováveis.

 

A nova embalagem é produzida com uma película plástica e tampa, fabricadas a partir de polímeros derivados da cana-de-açúcar. Em combinação com o cartão, a fracção de materiais provenientes de fontes renováveis na embalagem eleva-se para mais de 80%, o limiar para a certificação quatro estrelas da Vinçotte, agência de acreditação mundialmente reconhecida por avaliar o conteúdo renovável de embalagens.

A nova embalagem apresenta igualmente uma pegada de carbono 17% inferior comparativamente com a embalagem convencional, de acordo com uma análise de ciclo de vida independente conduzida pelo IVL – Instituto de Investigação Ambiental sueco.

“Aumentar o uso de materiais renováveis, definidos como recursos naturais que podem ser repostos ao longo do tempo, desempenha um papel cada vez mais importante na mitigação da escassez de recursos e nas alterações climáticas”, refere Philippe Dewolfs, Presidente do Comité de Certificação da Vinçotte. “Esta é a única embalagem asséptica de cartão que certificámos, até ao momento, e qualificou-se para uma certificação de quatro estrelas.”

Charles Brand, Vice-presidente Executivo de Gestão de Produto e Operações Comerciais da Tetra Pak, sublinha: “Há uma tendência crescente de consumidores que querem fazer mais pelo planeta e que querem que as marcas os ajudem. Com a certificação da Vinçotte, a nossa nova embalagem dá aos clientes informações credíveis para comunicarem com os consumidores, além de os ajudar a diferenciar os seus produtos.”

A nova versão da Tetra Brik® Aseptic 1000 Edge com LightCap™ 30 Bio-based está já disponível para os clientes a nível mundial.

 

PARCERIA LUSO-BRITÂNICA CRIA EMBALAGEM DE DETERGENTE A PARTIR DE PLÁSTICO RECOLHIDO NO MAR

Mäyjo, 10.09.15

Parceria luso-britânica cria embalagem de detergente a partir de plástico recolhido no mar

A primeira embalagem de detergente feita a partir de plástico recolhido dos mares e praias vai ser introduzida nos supermercados do Reino Unido no final do mês. A empresa responsável pela produção da embalagem é aEcover, que produz e comercializa produtos de limpeza ecológicos.

O objectivo da Ocean Bottle é alertar para os perigos a longo prazo da presença deste material nos ecossistemas marinhos, provocando a morte dos peixes e das aves, ameaçando o equilíbrio dos ecossistemas globais.

Para produzir esta nova embalagem feita a partir de plástico reciclado, a Ecover uniu esforços com a portuguesa Logoplaste, produtora de embalagens de plástico, para combinar os detritos retirados do mar com plástico produzido a partir da cana-de-açúcar. Inicialmente, apenas 10% do plástico da nova embalagem vai ser do material retirado do mar, mas de futuro a Ecover espera poder aumentar a proporção.

Quando presente num ambiente marinho, o plástico demora centenas de anos a decompor-se, através da combinação da água salgada com o sol. A quantidade variável de plástico recolhido do mar pela Ecover significa que esse material tinha de ser misturado com outro plástico reciclado para produzir um material robusto que suportasse um produto de limpeza doméstico, refere o Guardian.

“A problemática do plástico no oceano tem uma escala enorme – todos os anos pelo menos um milhão de aves marinhas e 100.000 tubarões, tartarugas, golfinhos e baleias morrem devido à ingestão de plástico. Não existe escolha – simplesmente temos de querer limpar o plástico para o bem de todos”, afirma Philip Malmberg, director executivo da Ecover.

A marca deverá ainda lançar este ano um detergente para a roupa produzido a partir de óleo de alga, uma alternativa mais sustentável ao óleo de palma, que é utilizado actualmente na maioria dos detergentes.

Foto:  EdinburghGreens / Creative Commons

PRIMEIRA EMBALAGEM DA TETRA PAK TOTALMENTE RENOVÁVEL DISPONÍVEL A NÍVEL MUNDIAL

Mäyjo, 19.04.15

tetrarex_SAPO1

A Tetra Pak acabou de anunciar a disponibilização da embalagem totalmente renovável Tetra Rex de base biológica para todos os clientes da empresa a nível mundial, depois de um período de três meses de teste com a empresa finlandesa de lacticínios Valio.

Nos últimos três meses, a Valio tem comercializado a sua bebida de leite meio-gordo sem lactose Valio Eila na nova embalagem e, durante os próximos meses, planeia alargar a sua utilização também para a sua gama de leite orgânico.

No seguimento desta primeira iniciativa, de resto, a Tetra Pak tornou a embalagem Tetra Rex de base biológica disponível globalmente para a comercialização de leite, nos volumes de 250 ml a 2000 ml.

“Após um importante investimento no desenvolvimento desta embalagem, é muito gratificante obter uma resposta tão positiva tanto da Valio como dos consumidores finlandeses. Sendo a única embalagem de cartão para alimentos líquidos totalmente renovável à disposição dos consumidores, estamos agora empenhados em garantir que mais clientes na Europa e fora do espaço europeu podem começar a usufruir dos benefícios desta embalagem pioneira no sector”, explicou em comunicado o vice-presidente de operações comerciais e gestão de produto da Tetra Pak, Charles Brand.

A embalagem Tetra Rex de base biológica é fabricada exclusivamente com materiais de origem vegetal. Todos os plásticos utilizados são 100% biológicos provenientes da cana-de-açúcar e fornecidos pela Braskem, principal fornecedor de plásticos de base biológica.

A Tetra Rex de base biológica recebeu o mais elevado grau de certificação para plásticos de origem biológica atribuída pela Vinçotte, certificador reconhecido pela precisão do seu método de medição do conteúdo físico de plásticos de origem vegetal num determinado produto.